Iogurte de soja

Atualmente, são cada vez mais as pessoas que evitam o consumo de lacticínios, seja por intolerância à lactose, por motivos de saúde ou por razões éticas. Como tal, o iogurte de soja revela-se uma excelente opção, especialmente quando preparado em casa, de forma saudável e económica.

 

Preparação de iogurte de soja caseiro, usando uma iogurteira automática:

 

Dicas e Sugestões:

  1. Use uma máquina de leite de soja para obter leite de qualidade e a um preço muito baixo.
    Se gosta de iogurte mais sólido, prepare o leite com mais quantidade de feijão de soja (150 g a 200g).

  2. Experimente adicionar frutos frescos ou secos, ou cereais, ao iogurte. Se quiser adicionar as frutas frescas ou secas logo no momento da preparação do iogurte, estas devem ser previamente esterilizadas através de uma rápida cozedura. Deixe arrefecer e depois siga normalmente a preparação do iogurte.

  3. Se usar fermento para preparar o iogurte, guarde 2-3 colheres de sopa do iogurte preparado para usar como fermento para a vez seguinte (reserve logo num recipiente esterilizado as primeiras colheres de iogurte que retirar da taça, para evitar contaminações). Desta forma economiza no fermento sem perder qualidade. Pode repetir esta operação até 8 vezes, ou até que o iogurte comece a ficar demasiado líquido. Nessa altura use fermento novo.
    Se usar iogurte natural para iniciar a cultura de iogurte poderá repetir esta operação 1-2 vezes, mas quando o iogurte começa a ficar líquido é porque a concentração de microrganismos é demasiado baixa e o iogurte perde as suas propriedades benéficas.

  4. O iogurte reservado para iniciar a cultura seguinte, deve ser guardado no frigorífico e usado até 3 dias. Caso não prepare um novo litro de iogurte nos dias seguintes, pode congelar essas colheres de iogurte e aquando de uma nova cultura descongele e use à temperatura ambiente.

  5. Na primeira utilização de um pacote de fermento de iogurte é normal que se forme muito soro ao cimo. Isso significa que há maior concentração de lactobacilos. Pode consumir o iogurte assim mais líquido, se gostar, ou use o soro para misturar a massa de pão ou bolos, ou junte a um batido. Nas reutilizações seguintes, já obtém um iogurte mais sólido e com menos soro.

  6. Pode adicionar alga agar-agar (1 colher de chá) ou farinha maisena/amido de milho (1 colher de sopa) para obter um produto mais consistente.
  7. Evite usar leites enriquecidos com cálcio ou sabores, pois estes podem interferir com a reprodução dos lactobacilos.

A forma mais vantajosa de preparar iogurte de soja em casa é com uma iogurteira automática, pois só assim consegue manter uma temperatura constante de 40ºC, o que permite que os lactobacilos se reproduzam facilmente e não sejam destruídos, usufruindo de todos os benefícios do consumo deste alimento probiótico.
Outras bebidas vegetais por serem menos proteicas não permitem fermentação dos lactobacilos, por isso só o leite de soja permite preparar iogurte vegetal de forma simples.



Inserido em: 2012.12.27 Última actualização: 2015.09.10

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Iogurte